A Bíblia

A Bíblia

A Bíblia é o fundamento da teologia e da prática da Ciência Cristã. O ministério de Jesus, especialmente, é o exemplo de como a cura e a regeneração se realizam, quando reconhecemos que nossa verdadeira natureza é totalmente espiritual. O primeiro capítulo do Gênesis afirma com clareza que somos criados à imagem e semelhança de Deus. Podemos observar outros exemplos de cura espiritual nos relatos bíblicos dos discípulos e seguidores imediatos de Jesus, bem como na vida de Abraão, Jacó, Moisés e os profetas.

Para Mary Baker Eddy, a Ciência Cristã fluiu de uma compreensão inspirada da Bíblia. Pela oração e pelo estudo da Bíblia, ela compreendeu as leis divinas que estão por trás da cura espiritual. Essas leis de Deus são poderosas, sempre atuantes e curam, redimem e abençoam a humanidade. O título da obra fundamental de Mary Baker Eddy, Ciência e Saúde, inclui a expressão “a Chave das Escrituras”, indicando sua inseparável conexão com a Bíblia. Ao descrever sua descoberta da Ciência Cristã, ela escreveu: “A Bíblia foi a minha única autoridade” e “A Bíblia contém a receita para toda cura” (Ciência e Saúde, pp. 126, 406). Dos seis fundamentos da Ciência Cristã, o primeiro é: “Como adeptos da Verdade, tomamos a Palavra inspirada da Bíblia como nosso guia suficiente para a Vida eterna” (Ciência e Saúde, p. 497).

A Lição Bíblica semanal proporciona um estudo individual e é o ponto central do culto dominical. A Escola Dominical, para alunos de até 20 anos, fundamenta o ensino nos Dez Mandamentos, na Oração do Senhor e no Sermão do Monte. Trechos da Bíblia são também lidos nas reuniões de testemunhos no meio da semana, nas quais os presentes contam como aplicam as lições espirituais das Escrituras nos desafios — grandes ou pequenos — da vida diária.